Lounge Casa Nova: equilíbrio entre elementos

 Jader Almeida mostra seu lado arquiteto e a maneira de pensar o espaço nesta edição da Mostra Casa Nova 2013. O premiado designer de produto e arquiteto catarinense, dono de um significativo acervo de peças respeitado Brasil afora, assina o Lounge Casa Nova por Koerich Imóveis, extensão que corresponde ao vão central da edificação e interliga todos os ambientes do evento. Por este motivo Jader planejou uma área neutra, que servisse como respiro e equilíbrio entre um espaço e outro. “A principal ideia é ser uma transição, com o mínimo de informações visuais para que todo o evento possa ser melhor percebido”, explica ele. Fotos: Mariana Boro

No térreo, nível de acesso, dois lounges simétricos são separados por uma ampla mesa de nogueira americana. São nove metros que parecem flutuar pela espessura mínima do plano que configura o tampo. A peça está disposta no ambiente estrategicamente para que as pessoas possam usufruir, recarregar seus aparelhos eletrônicos, ler um informativo – a mesa conta com uma luminária acoplada -, bater um papo e discorrer sobre o evento. Pensando no conforto, 16 bancos Phillips acomodam os visitantes à mesa. Outro destaque é para o volume vertical, que abriga um video wall onde sempre será exibido algum conteúdo interessante para a dinâmica do evento.

O equilíbrio entre elementos sempre é máxima nos projetos do arquiteto. Neste caso a arquitetura história do edifício e suas cicatrizes do tempo ganharam atenção especial. “As cores neutras nos móveis e tecidos reforçam a estética austera que costumamos imprimir nos projetos. A intenção foi destacar a arquitetura como os pilares, por exemplo, que são elementos marcantes do contexto. Por isso usamos o branco para evidenciar os volumes e a composição original, deixando apenas a parede posterior na cor preta. Este contraste acentua os contornos, além de ser contrapor ao branco predominante. Para a iluminação optamos pela luz difusa, ela acontece de forma suave e sem focar em algum ponto especifico”, conta Jader.

O mobiliário, tapetes, iluminação e elementos selecionados para compor o lounge são assinados pelo próprio designer e vêm do showroom Icon Interiores – com exceção da poltrona Diz de Sergio Rodrigues. Destaque ainda para os pendentes que seguem a altura de quase todo o pé direito do prédio, os candelabros no nível superior e as lâmpadas que compõem a iluminação aparente. “O ambiente é um ponderado equilíbrio entre passado e presente, que convivem em harmonia no mesmo contexto”, finaliza o designer.

Sobre Lise Crippa

Sou formada em Jornalismo, pós-graduada em Marketing e Moda. Atuo em assessoria de comunicação e jornalismo de Moda. O universo Fashion faz parte da minha vida e do meu trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.