Arquivos mensais: novembro 2016

Sobre Joias, flores e uma linda mesa

Ontem (29), Mariana Pelegrini recebeu um grupo de clientes e amigas para conhecer sua coleção de joias, verão 2017, além de seu novo atelier que teve projeto assinado pela arquiteta de Florianópolis Paty Koerich . Fotos: Angelo Santos

Pati Iris, eu, Mariana Pelegrini e Letícia Nomura
Pati Iris, eu, Mariana Pelegrini e Letícia Nomura
Eu e Hellen Macarini
Eu e Hellen Macarini
Eu com Mari Pelegrini, Adri Althoff e Ale Candemil
Eu com Mari Pelegrini, Adri Althoff e Ale Candemil

 Leticia e Pati Iris Silveira, da Le Iris Home, montaram a mesa inspirada nas joias de Mariana com flores nas cores das gemas e pedras da coleção, valorizando cada peça.  Um mix de pedras e minicakes aditivaram a composição. Hortências em tons de azul e verde e lírios representaram as esmeraldas, turmalinas rosas, turmalinas paraíba, opalas, rubis, topázios e diamantes.

IMG_0024 copy (1)

IMG_0083 copy

IMG_0192 copy

IMG_0010 copy

IMG_0017 copy

A gemóloga Cassandra Terra apresentou as principais gemas usadas por Mariana Pelegrini e explicou sobre coloração, conservação e valores. A Opala produzida no Piauí, por exemplo,  é a grande sensação da coleção de verão da designer que criou aneis e colares com a pedra. Mari revelou ainda que a coleção com as Opalas tem fila de espera devido ao sucesso das peças e à dificuldade de encontrar a gema no Brasil.

Talk Show da gemóloga Cassandra Terra
Talk Show da gemóloga Cassandra Terra

Café na Casa Cor 2016 recebe o prêmio de melhor projeto comercial da mostra

 

Se no ano passado, as arquitetas Caroline Porto e Isadora Maestri, da Porto Maestri, apresentaram ideias para o quarto do bebê, nesta edição da Casa Cor Santa Catarina elas unem beleza, funcionalidade e tendência para o ambiente do Café, explorado peloJardins Restô Café. Realizada no último dia 18 de novembro, o ambiente recebeu o prêmio de melhor projeto comercial da mostra.

Fotos do projeto: Lio Simas
Foto das arquitetas: Carlos Alves

CaféCasaCor (15)

Carol Porto Isa Maestri (1)
Caroline Porto e Isadora Maestri

Com 40 metros quadrados, a dupla se inspirou na casa onde será realizada a mostra deste ano, que pertence ao médico e historiador Oswaldo Cabral. O imóvel foi construído entre as décadas de 1940 e 1950, no centro de Florianópolis, em estilo neocolonial espanhol e foi tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal, em 1988. – Optamos por um layout funcional e compacto. Utilizamos bancos com capitonês na bancada fixa de madeira para marcar a circulação de pessoas e delimitar a estação de trabalho das mesas. Eles são uma ótima opção para pouco espaço de circulação, podendo ser utilizados em sala de jantar ou cozinha – explicam.

CaféCasaCor (21)

Quem entrar no Café, que ficará no subsolo da casa, vai se deparar com tons que vão do cobre, passando pelo cinza, preto (este último encontrado nos tampos de granito das mesas) até chegar ao Rose Quartz, eleita pela Pantone como a cor de 2016. O rosa é um dos protagonistas do espaço, presente nos estofados dos bancos das mesas e no painel ripado em laca que divide o café da biblioteca. Aliás, o ambiente da biblioteca ganhou uma estante em laca cinza com poltrona e pufe do designer Aristeu Pires.

CaféCasaCor (22)

O estilo industrial proposto pelas profissionais aparece em uma estante de cano de cobre que dará apoio à bancada do café. Foi entre os anos de 1950 e 1970 que a proposta chegou à decoração como alternativa funcional e elegante para ocupar os espaços. O cobre também aparece nas luminárias e na torneira da pia. No piso, foi assentado uma tijoleta de 5×40 no formato de espinha de peixe, ganhando um design exclusivo e inédito para solucionar chão e parede, uma boa alternativa aos papéis de parede. O porcelanato marmorizado foi utilizado para revestir a parede em cima da pia. No forro, foram utilizadas placas plásticas com desenhos geométricos remetendo à arquitetura da casa. Samambaias afixadas no forro de gesso proporcionam um frescor à movimentação do local.

CaféCasaCor (21)CaféCasaCor (9)

– Chamamos o designer gráfico Luiz Pegoraro para escrever na parede com giz All You Need Is Love, em alusão a música dos Beatles, e assim deixar o café mais cool e descontraído – contam Isadora e Caroline.

O destaque do projeto lumininotécnico fica por conta das arandelas focadas nas mesas, uma iluminação indireta que destaca as paredes. Também foram usadas luminárias sobre a bancada que divide a cozinha do café. E como para acompanhar um bom café é necessário uma boa música, foi instalado um amplificador de som com sistema bluetooth que pode ser controlado pelo celular ou tablet.