Arquivos mensais: janeiro 2014

Para tirar manchas: a Capacidade de uniformizar o tom da pele

Pela primeira vez, uma marca de cosmética disponibiliza um produto para uniformizar o tom da pele com uma eficácia ao nível dos medicamentos vendidos com receita médica. Clinique apresenta o Even Better Clinical Dark Spot Corrector. Este novo sérum ajuda de forma eficaz a esbater a aparência das manchas escuras, manchas de idade e descolorações provocadas pelo envelhecimento, anos de danos solares acumulados, agressões ambientais e cicatrizes antigas de acne, para revelar uma tez mais luminosa e uniforme. Testes clínicos comprovaram que o desempenho de Even Better Clinical Dark Spot Corrector é comparável ao de um medicamento vendido com receita médica para uniformizar o tom da pele, às 4, 8 e 12 semanas. Verifica-se uma melhoria comprovada do tom da pele em 53% após usar Even Better Clinical Dark Spot Corrector durante 12 semanas.
Uma diferença – este “apagador de danos” é suave e não provoca irritações, sendo ideal para as peles intolerantes a outros tratamentos cutâneos para uniformizar o tom da pele. E sem marcar nem pagar uma consulta ao dermatologista, as mulheres podem obter a eficácia de um medicamento vendido com receita médica para uniformizar o tom da pele – em sua casa.

Pratos italianos para acompanhar o verão

Instalado na badalada Lagoa da Conceição, o Pellegrino – Massas Artesanais aumentou o ritmo para atender a clientela durante os meses mais quentes do ano. O restô abre  das 11h às 15h e das 17h às 23h O casal de chefs paulistas Fabrizio Pellegrino e Fabiana Agostini trocaram os agitos de São Paulo pela tranquilidade da Ilha. Ela já trabalhou com Ferran Adriá, no renomado El Bulli, na Espanha, e na escola Le Cordon Blue, considerada a melhor do mundo, na França, além de ser a chef responsável pela abertura do Santo Grão, em São Paulo. Já Fabrizio estagiou no Ruffino´s e Don Carlini e passou pelas cozinhas do hotel Meliá, La Rochelle, Peixaria Itaim, entre outros, até desembarcarem em Floripa e abrirem o Pellegrino. O restaurante fica na Av. Afonso Dellambert Neto, 315.
Fotos dos pratos: Felipe Carneiro Foto dos chefs: Marco Dutra

De entrada, carpaccio de MignonUm molho de parmesão e creme de leite cobre tiras finas de filé mignon cru. Mostarda dijon e pimenta verde dão o toque final.

 

Spaghetti al Nero di Seppia

Feito com tinta de lula, na própria casa, o spaghetti ganha uma coloração preta. O molho é feito com manteiga de camarão e vinho branco, acompanhado de tomate-cereja e camarão. Folhas de manjericão dão o contraste ao prato.

 

Ossobuco com polenta mole

O prato mais pedido da casa é uma receita tradicional da região italiana da Lombardia. O ossobuco é cozido em fogo lento, no vinho tinto, por oito horas. A polenta é italiana (grão mais grosso), cremosa, com parmesão.

 

Rótulo de Ricota, Nozes e Espinafre

Também preparada artesanalmente, a massa é recheada com ricota, nozes e espinafre, depois enrolada em um pano e cozida assim em água fervente.

 

Tagliatelle ala Norma

Esse é daqueles tradicionalíssimos, simples e saboroso, como nos melhores restaurantes da Itália. Molho pomodoro, antes puxado na beringela com um pouco de alho e azeite, com folhas de manjericão e finalizado com ricota fresca.