Catarinense Manu Berger assina collabs para o Dia das Mães

A relação próxima de Manu Berger com duas marcas nacionais de moda acabou rendendo convites para a empresária, radicada em São Paulo, assinar collabs especiais para o Dia das Mães. O resultado são duas coleções bem femininas e românticas, ambas limitadas e disponíveis também no e-commerce, e com peças em tamanhos adulto e infantil – ótima dica para presentear.

Natural de Florianópolis, Manu que é especialista em mercado de luxo, criadora de conteúdo e escritora, também vem desempenhando o papel de mentora empresarial; e foi justamente neste contato próximo com empresários que aumentou a sua afinidade por duas marcas: a catarinense Leonor Shoes, comandada pela empresária Grazieli Sardá, e Cecília Prado, comandada pela estilista mineira que emprestou seu nome à marca de destaque nacional e internacional, presente em mais de 20 países e com loja própria no shopping JK Iguatemi, em São Paulo.



Para Leonor, as peças são todas na cor rosé gold, bem delicadas, com um toque de sofisticação do lenço de seda e a sustentabilidade da napa ecológica. Já para a marca Cecília Prado, Manu se uniu à estilista para lançar modelos de vestidos, blusas e saias midi; são peças fluidas, atemporais e cheias de cor, que transitam bem em vários ambientes, do campo à praia, do escritório a um jantar romântico. “Com minha atuação também como mentora, auxiliando as marcas a se posicionarem nacionalmente, venho fazendo grandes amizades na moda nacional, e estas são duas com quem eu criei muita afinidade”, destaca Manu Berger. Crédito das fotos: Bárbara Narde

Com Cecília Prado, peças fluidas e atemporais

Loja Tida recebe estilista da Dhuo, na capital

Na última quinta (05), foi dia de conhecer e prestigiar Leonam Dantas, CEO e estilista da  Dhuo, que há 15 anos é uma das marcas mais admiradas no cenário contemporâneo nacional e traz no seu DNA, estampas digitais exclusivas e autorais . Todo este  movimento foi  organizado pela empresária, e visionária do cenário da moda catarinense, Tida Zanatta , da Loja Tida, no Beiramar Shopping. Fotos Angelo Santos e arquivo DHUO

Eu e Tida Zanatta de DHUO

A marca nasceu no Mato Grosso do Sul com Giuliano Mazeti (sócio e criador de todas as estamparias ) e era exclusiva  de camisetas com dizeres de protestos. Quando Leonam conheceu Giu, o nome Dhuo já existia com outro sócio que hoje segue carreira solo, aqui mesmo em Santa Catarina. Na época Leonam  tocava uma multimarcas e começou a trabalhar com as camisetas em Presidente Prudente (SP). A identidade do estilista sempre foi de moda e ele  acabou entrando com a sua bagagem,  para, a partir daí,  num  universo mais feminino, levar as estampas para os tecidos. 

-São 15 anos realizando estampas e em algumas épocas chegamos a 20  tipos diferentes  por coleção,  revela Dantas.

Leonam Dantas e eu

 Nas araras da Tida, um público exigente  apreciou os shapes florais, grafismos, bordados, transparências, volumes interessantes e com modelagens confortáveis.  O estilo peculiar é marca registrada da label que não tem medo de ousar, através da sua identidade e personalidade. Muitas vezes com uma pegada pop art, maximalista; outra, de uma tropicalidade bem brasileira, alegre, sedutora. Entre as matérias-primas, muito jérsei, algodão e seda pura.

Estampa exclusiva 

-Uma das principais características da Dhuo, e de outras grifes nacionais e internacionais, é que a estampa  acaba dando mais identidade à marca.  No início  fazíamos apenas malharia, mas a seda estampada entrou como divisor de águas e foi quando a DHUO se encontrou. Hoje, 80 % do tecido usado é a seda, diz também o estilista.