Arquivo da tag: exposição

Adri Volpi realiza exposição de obras inspiradas em Jurerê Internacional

A artista plástica Adri Volpi, de Florianópolis, promoverá nos dias 23 e 24 novembro, no IL Campanario Villaggio Resort, a exposição “Inspirações”. A mostra, que é inédita na versão original e completa, reúne 30 obras, sendo a maioria delas aquarelas que mostram o olhar da pintora sobre Jurerê Internacional. O lançamento será no dia 22, às 19h, num evento para convidados. E nos dias 23 e 24 ficará aberta para visitação do público.

Adri Volpi. Foto Attahualpa Cesar..

Adri Volpi ficou seis meses vivenciando o dia a dia do balneário, sua natureza exuberante, as belas paisagens, seus famosos beach clubs e empreendimentos que atraem turistas do mundo inteiro. Ela também observou o cotidiano das pessoas e a forma como convivem e usufruem dos espaços públicos para seu bem-estar.

Adri Volp_jurere

As reproduções de Volpi dão vida ao conceito oficial de Jurerê Internacional (“Inspire Vida”), que busca fomentar a qualidade de vida dos seus moradores e visitantes por meio de experiências como: celebrar, relaxar, descobrir, saborear, apreciar, superar e acreditar.

 “É um lugar que realmente inspira vida. A natureza, a integração entre a preservação e a urbanidade, o ritmo e a forma de viver neste local foram transferidos para o papel sob o meu olhar”, explica. Além da temática Jurerê Internacional, a exposição terá ainda obras de outras diferentes fases da carreira de Adri Volpi, com trabalhos em acrílica sobre tela, fotografias e colagens. Todas as telas estarão à venda.

Adri Volpi_JI

Sobre a artista

Adriana Volpi é Artista Plástica licenciada pela UDESC (Universidade para o Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina), de Florianópolis. É desenhista e fotógrafa. Tem realizado exposições individuais no Brasil, bem como em Miami, Nova York e Paris. Alguns de seus trabalhos já ilustraram publicações como a coleção de cartões do UNICEF, revista Marie Claire HK e The Washington Post.

Imersões sobre NY: Personagens e arquitetura nova-iorquina são tema de mostra

 

O jornalista Jairo Cardoso abre a exposição Snapshots from New York City, no dia 11 de agosto, quinta-feira, às 19 horas, no Tralharia Antique Café Bar, no centro antigo de Florianópolis. São 14 fotos de 30cm x 40cm com curadoria de Sérgio Vignes que retratam personagens e a arquitetura nova-iorquina, captadas recentemente com duas câmeras compactas, quando Jairo passou dez dias na cidade norte-americana.

Exposição fotográfica Snapshots from New York City,de Jairo Cardoso5

Exposição fotográfica Snapshots from New York City,de Jairo Cardoso6

A exposição integra um projeto que começou em 2012 e não tem data para terminar: sair pelo mundo e andar pelas ruas, tentando captar a essência das cidades. Nas imagens, Jairo se mantém como um fotógrafo alheio aos personagens, invisível às pessoas retratadas, observadas em sua rota diária e compenetradas em si mesmas.  Segundo Vignes, suas escolhas privilegiaram a composição do ser humano com as linhas dos prédios da metrópole, como uma intervenção gráfica.

Exposição fotográfica Snapshots from New York City,de Jairo Cardoso3

As fotografias seguem um rito estabelecido pelo fotógrafo, que faz uma captação silenciosa e oculta. O resultado são fotos de personagens que aparecem inteiros, sem o subterfúgio da pose. Inspirado por Henri Cartier-Bresson, uma referência para Jairo, as imagens retratam o movimento humano, numa disposição cuidadosa de personagens na imensidão da cidade grande.

Exposição fotográfica Snapshots from New York City,de Jairo Cardoso2

Jairo é formado em direito e jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Fotografa desde a juventude, mas na faculdade passou a dar mais atenção à imagem. Entre as exposições fotográficas que já realizou, estão Andanças, no Café Sorrentino, com cidades europeias e sul-americanas; Conexão Paris, da cidade-luz, na Aliança Francesa; e Instantâneos, com imagens de Florianópolis, no projeto Varal da Trajano.

Exposição fotográfica Snapshots from New York City,de Jairo Cardoso1

O que: abertura da exposição fotográfica Snapshots from New York City, de Jairo Cardoso.

Quando: 11 de agosto, quinta-feira, às 19h. Visitação até 12 de setembro. Segundas-feiras das 16h às 22h, de terça a sexta, das 16h às 24h, e aos sábados, das 10h às 22h,

Onde: rua Nunes Machado, 104, Centro, Florianópolis, fone (48) 3028-3787

Quanto: gratuito.

Jairo Cardoso. Foto Fifo Lima
Jornalista Jairo Cardoso

Sob o olhar de Thereza Collor

A Galeria de Arte do SESI-SP, no Centro Cultural FIESP – Ruth Cardoso, apresenta de hoje a 10 de junho de 2012 a exposição “Joias do Deserto”, uma seleção de adornos corporais pertencentes ao acervo etnográfico da historiadora Thereza Collor. Com essa mostra, o SESI-SP oferece ao público a oportunidade de conhecer uma das mais raras coleções de todo o mundo – entre as reservas particulares e de museus – de joias, vestimentas e acessórios de povos orientais, africanos e asiáticos.

A coleção foi construída ao longo do tempo. O interesse pelos aspectos estéticos, sociais, econômicos e religiosos de culturas desconhecidas pela maior parte do mundo ocidental teve início quando Thereza Collor tinha apenas 14 anos e fez sua primeira visita ao Oriente Médio, chegando até o Irã. Após alguns anos de colecionismo, teve o apoio da  sogra Eugenia, que lhe adicionou várias peças ao conjunto formado por artefatos produzidos no século XIX e início do XX.

Na mostra serão exibidas cerca de 2000 peças da joalheria tradicional – entre brincos, colares, braceletes, cintos, bolsas, vestes, tornozeleiras e adornos peitorais e de cabeça – de povos habitantes de cinco regiões desérticas: o grande Deserto do Saara, o Deserto da Arábia, os Desertos da Ásia Central, o Deserto de Thar e o Deserto do Himalaia.

Serviço

Local: Galeria de Arte do SESI-SP – Centro Cultural FIESP – Ruth Cardoso

End.: Av. Paulista, 1313 (metrô Trianon-Masp) – Tels.: (11) 3146-7405/06

Visitação: hoje a 10 de junho de 2012

Horário: segunda-feira, das 11h às 20h, terça a sábado, das 10h às 20h, e domingo, das 10h às 19h

Entrada franca.