Arquivo da tag: esmeraldas

Cartagena das Índias: minha experiência na cidade mais colorida da Colômbia

Quer experimentar uma gastronomia de alto nível, ver as esmeraldas mais lindas da vida, ser atendida por pessoas simpáticas e prestativas, além de conhecer a cidade mais colorida da Colômbia? (Será que não é do mundo?) Vai para Cartagena das Indias! Fiz recentemente esta viagem com a minha primogênita. Ela mora nos EUA e queria passar dias de “dolce far niente”, durante suas férias. E lá fomos nós!

Cor, carisma, Cartagena!
Ruas coloridas

Escolhemos para nos hospedar, a Casa San Agustin, hotel boutique dentro da cidade amuralhada, como é chamado o centro histórico onde estão os melhores restaurantes e todo o charme de Cartagena.

Um pouco sobre o hotel:

 A Casa San Agustin é um hotel boutique luxuoso e que foi todo restaurado. Refinado e descontraído, o seu trio de edifícios brancos irradiam o calor de um hotel super privê, com poucos quartos, acho que uns 30 apenas. Nas dependências do  San Agustin você encontra flores frescas e uma essência incrível que exala seu cheiro por onde se passa. 

Só um pouquinho da cidade

Quero enfatizar neste post a nossa experiência mas vou contar,  meio que por cima, sobre a história do local só para vocês entenderem sobre os tais muros:

“O rei Felipe II mandou construir as Muralhas de Cartagena com 11 km de extensão para proteger a região dos piratas, como Francis Drake e outros invasores, dando origem à cidade amuralhada, que atualmente concentra muitos dos principais pontos turísticos. A muralha só foi concluída em 1796, 25 anos depois da independência da Colômbia e pode ser visitada por dentro e por cima, já que há partes onde é larga o suficiente para andar ou ficar sentado vendo as pessoas passarem, admirar o mar e o pôr do sol.” Fonte: http://www.viajenaviagem.com

Por do sol em cima do muro: como o nosso check in era às 15 h,  não perdemos tempo e fomos fazer um tour de mais ou menos três horas dentro e fora da cidade amuralhada. Fora dos muros é a parte mais moderna de Cartagena. Fomos também no Museu das Esmeraldas, onde tivemos uma pequena demonstração sobre a qualidade das pedras e gemas.
À noite jantamos no 1621, resto dentro do Sofitel Santa Clara, com comida deliciosa e ambiente super cool.

No dia seguinte, a concierge providenciou um day use em Coralina Island, no arquipélago Islas del Rosario, há uma hora em mar aberto. A Ilha é de um francês chamado Pierre que nos recebeu e lá mantém uma pousada. Bem, achei que o passeio valeu à pena, não se pode deixar de fazer, mas o local deixa um pouquinho a desejar na estrutura. As coisas são um pouco “rústicas” demais por lá e, apesar do potencial da ilha,  o local tem que percorrer um caminho bem intenso para virar verdadeiramente, um roteiro de charme.

Ilha Coralina: mar verde esmeralda, mas estrutura fraca…

À noite fomos no restaurante Don Juan de um chef jovem, lugar descolado e comida maravilhosa, mas o atendimento, pelo menos naquela noite, deixou muito a desejar, uma pena! Fiquei até desanimada para fotografar!

Boats 4u é o nome da empresa que alugamos uma lancha de 41 pés com dois marinheiros para nos atender. Saimos pela manhã do hotel e percorremos as  Ilhas do Rosário. As ilhas são maravilhosas, mar verde esmeralda e foi o melhor dia de passeio! Valeu muito termos o barco disponível,  pararmos para almoçar no local escolhido e ainda com direito a vários mergulhos, em vários locais, tudo com muita calma, como eu gosto!

Eu e minha filha Roberta

Outros restaurantes que fomos e indicamos

Vera – Italiano bem bacana, comida ótima e ambiente maravilhoso
Restaurante Alma visto por cima – o bar muito bonito e comida fusion anexo ao hotel em que ficamos.
Restaurante Carmen: o que mais amamos, comida incrível e ambiente cool

 

Outros que nos recomendaram mas não fomos

Restaurante Marea

Restaurante El Santíssimo

Restaurante Bohemio

Babar

Bar Alquímico

Restaurante Boca Cartagena

Café – qualquer Juan Valdez vale a pena

Sorveteria – Gelateria Paradiso – sorvete artesanal La Paleteria –picoles

Ah, e não esqueça de experimentar o suco de lulo, fruta típica de lá!