Arquivo da tag: arquitetura

Um pouquinho de Porta Nuova, o bairro mais moderno de Milão

Uma das coisas que mais amo, e inspira, nos lugares que conheço é quando o antigo se mistura ao contemporâneo. O melhor de Milão foi descobrir, meio à cidade, arranha-céus com design moderno e  arquitetura premiada. Estou falando de Porta Nuova, que inclui os bairros de Garibaldi, Varesine e Isola, totalmente revitalizada e que deu cara nova ao reduto. Vale muito a pena caminhar pela região totalmente revitalizada, ao lado da badalada Corso Como que é conhecida por sua ótima vida noturna, com discotecas, bares e restaurantes, e considerada o centro vital do novo bairro Porta Nuova . Inicialmente,  várias formas de resistência das comunidades locais se opuseram ao projeto  e achavam um modelo de desenvolvimento urbano insustentável. Mas o que eu pude constatar foi a construção de uma série de edifícios eco-sustentáveis ​​(calcula-se uma redução do consumo de energia de 37%), construção de uma praça circular com um diâmetro de 100 metros completamente para pedestres,  espaços públicos, uma piscina, um ginásio e uma área de 500  metros de painéis solares e outras soluções de aquecimento geotérmico, entre muitos outros recursos. 

Vestido Zara, bolsa Chanel e mule Paula Torres para passear na área mais cool de Milão
O antigo com o contemporâneo: arranha-céus moderníssimos recém inaugurados, que combinam em um mesmo espaço apartamentos residenciais, comerciais, lojas, supermercado, vida noturna, arte.

Com assinatura dos arquitetos Stefano Boeri , Gianandrea Barreca e Giovanni La Varra, o Bosco Verticale é um par de torres residenciais no bairro de Porta Nuova, em Milão. Fica entre a Via Gaetano de Castillia e a Via Federico Confalonieri, perto da estação de trem Milano Porta Garibaldi. Os prédios  têm uma altura de 111 metros e 76 metros e mais de 900 árvores em 8.900 metros quadrados de terraços.

Bosco Verticale, prédio residencial com arquitetura premiada e copiada pelo mundo

Restaurante Mood alia clássico e contemporâneo em uma experiência única na Mostra CASACOR SC

Uma experiência que vai muito além do paladar e desperta os melhores sentimentos naqueles que apreciam estar em excelente companhia, em um ambiente supersofisticado e repleto de boa comida. É essa a sensação de quem conhece o Restaurante Mood, na CASACOR SC 2018, em Itapema. O projeto assinado por Diogo Lemos, que cursou arquitetura na Itália, reúne a contemporaneidade das linhas retas, com as tendências em veludo rose e metais dourados. O ambiente, realizado em parceria com Leandro Sumar e Fábio Vitorino, traz ainda elementos refinados, como um bar todo produzido em mármore, paredes revestidas em pedras preciosas e mobília italiana em couro natural, tudo especialmente elaborado para aguçar o melhor do humor de cada visitante. Crédito da foto: Marcos Medeiros

Com 277 metros quadrados, o restaurante é o segundo maior ambiente da Mostra, envolvendo os convidados em uma atmosfera cosmopolita, supersofisticada e que poderia, facilmente, ser visto em qualquer grande metrópole do mundo. “O conceito por trás do restaurante é de um espaço para confraternização enquanto se aprecia uma boa gastronomia, com conforto e sofisticação. O projeto reúne diversas tendências que estão compondo os mais importantes salões de arquitetura do mundo”, destaca Diogo Lemos, profissional com maior número de ambientes nas últimas edições da CASACOR Santa Catarina.

A mostra, que segue até o dia 22 de julho, é uma das maiores do setor na América Latina e já se consolidou por apresentar sempre soluções inteligentes e versáteis para qualquer ambiente.

Serviço

O quê: CASACOR/SC 2018 – Itapema

Quando: 06 de junho a 22 de julho – Terça a Sexta, das 15h às 21h

Sábado, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h

O evento não abre às segundas-feiras.

Onde: Beach Place Itapema – BR-101, km 144, número 3146, Itapema – SC, 88220-000 – (Antigo Plaza Itapema)

Anuário de arquitetura ArqSC apresenta a criação de O Tropicalista

 

O trabalho original de Marcelo Fialho e Marco D. Julio, do estúdio O Tropicalista, é apresentado pela primeira vez em uma publicação no Estado. A reportagem pode ser lida na 9ª edição do anuário ArqSC, que foi lançado no último sábado em um brunch que reuniu profissionais do Estado, além de nomes das áreas das artes, do design e empresários do segmento de arquitetura. Fotos Mariana Boro

O relato traz a experiência da jornalista Simone Bobsin em visita a casa-ateliê da dupla, que começou a desenvolver produtos para atender a crescente necessidade de soluções em design de superfície para as áreas de moda e decoração. Porcelana, papel, lona, seda são alguns suportes para a criação.

A publicação referência sobre arquitetura e design no Estado tem à frente a jornalista e publisher Simone Bobsin. O ArqSC é lançado anualmente e nesta edição traz 41 projetos, artigos trends, entrevistas e reportagens exclusivas. O produto está à venda por R$ 18 nas bancas de Florianópolis e Grande Florianópolis, nas livrarias Saraiva e Catarinense, além da Catarinense, além da venda on-line. Acesse www.arqsc.com.br.

 

Quem passou pelo lançamento:

 

Camila Saavedra, Luciana de Moraes, Simone Bobsin, Fabi Henrique, Francine e Jana Hoffmann
colunista Ana Cristina Lavratti e amiga Daniella Abreu, engenheira civil PhD em sustentabilidade
Arquiteta Chris Lago
Taís Marchetti Bonetti
Omar Carvalho e Simone Bobsin

 

 

Acessório de moda brilha na decoração

A relação entre moda e decoração sempre foi muito estreita. Diferentes e parecidas ao mesmo tempo, elas alimentam o imaginário de gerações que primam pelo diferente, o inusitado. E de carona nesse contexto, a Luciin, uma das maiores grifes do setor de iluminação do país, apresenta uma linha de produtos com um detalhe que faz toda diferença no universo fashion: o cinto!!

cf157_2

cf156_3

O artigo, essencial nas composições dos vestuários de mulheres e homens, ganhou protagonismo numa série de pendentes da marca catarinense. As cúpulas de metal sustentadas por um cinto de couro, além de inovadoras, são perfeitas para os ambientes mais despojados, com aura contemporânea. E se você enjoar, é só trocar o cinto por qualquer outro em seu armário e construir um novo cenário.

cf156_1