Carmen Steffens e Christophe Guillarmé, em Paris

Na última quarta (27), a Carmen Steffens brilhou mais uma vez ao lado do renomado estilista Christophe Guillarmé, na Paris Fashion Week, uma das semanas de moda mais importantes do mundo.  O encontro entre a grife brasileira e o estilista francês ocorreu no disputado Espaço Renault, na Champs-Élysées.

Looks Christophe Guillarmé com acessórios CS

Durante o Fashion Show, os vestidos superfemininos de Christophe Guillarmé dividiram a passarela com as cobiçadas chutches e calçados CS. O estilo parisiense do estilista revelou o melhor da alta-costura, combinados ao charme da coleção alto verão 2018 Carmen Steffens.


Acostumado a prestigiar a marca em seus desfiles e a vestir celebridades em eventos renomados, como o Festival de Cannes, Christophe Guillarmé considera a parceria com a grife brasileira perfeita, devido aos seus detalhes únicos e marcantes. A coleção desfilada estará disponível a partir de outubro em todas as lojas e site da Carmen Steffens.

 

Cholet para Strass Acessórios e Roupas

Inspirada nos paraísos tropicais, a Cholet, que no centro de Floripa  está presente nas araras da Strass Acessórios e Roupas, teve Trancoso, na Bahia, como cenário de sua nova campanha. O shooting é a tradução do mood desta temporada, com looks cheios de fluidez e movimento .

Onde encontrar: Strass Acessórios e Roupas

Rua Vidal Ramos, 224 – Centro Florianópolis (SC)

Tel: 48 – 322-26618

O verão 2018 traz uma estética puxada para uma cartela de tons claros e intensos, celebrando a sofisticação característica da Cholet. 

Em um irresistível mix de tramas há, também, a presença de referências navy, como listras azuis e brancas. Além da paleta, a estamparia destaca-se por apresentar elementos da flora e fauna brasileiras de maneira original e repleta de personalidade. FOTOS: ZEE NUNES

Dica de gastronomia: Restaurante Le Sirenuse em Miami

Quem já gostava do Restaurante Le Sirenuse em Positano pode curtir, desde abril em Miami, a autêntica comida italiana na Flórida. Anexo ao Hotel For Seasons, com restaurante e um champanha bar, o  endereço  traz todos os sabores mediterrâneos genuínos, o estilo dolce vita e as tradições de serviço da velha escola associada à sua base de Positano.

Com as filhotas Roberta e Valentina
Champanhe bar

Num local gloriosamente restaurado beirando os anos de 1930, nas margens de Surfside e num cenário de frente para  o mar, cheio de palmeiras,  o jovem Chef Antonio Mermolia apresenta um cardápio de pratos clássicos do lendário resort da Costa Amalfitana, bem como novas receitas que começam neste local, amamos!

 

Moda e décor: Fernè, em parceria com Camila Fraga, marca presença numa mostra de decoração e arquitetura

 

Mariana Pesca Arquitetura apresenta o projeto Escritório da Influenciadora Digital realizado juntamente com a também arquiteta Elise Lacerda, numa mostra de arquitetura e decoração que ocorre em Florianópolis. O espaço acompanha o desenvolvimento tecnológico das novas profissões. Entre tantas que surgem, a moda sempre tem seu papel inovador e inspirador. Fotos: Mariana Boro

As arquitetas convidaram a marca catarinense Fernè para expor suas peças em couro e alta costura, parceria com Camila Fraga, num espaço dedicado a algumas digitais influencers

A influenciadora digital terá um espaço dedicado para armazenar peças, com araras confeccionadas com estrutura em inox com banho dourado e porta-acessórios formando um closet informal e despretensioso. O escritório fez questão de enaltecer a moda catarinense convidando algumas marcas produzidas no Estado para ambientar no espaço entre elas Fernè e Antonia Hand Bags.

Vestido Fernè e Camila Fraga em couro, tule com aplicações de flores.
Couro e renda com acessórios Attualitá
Malha, tule, pedrarias e couro Fernè e Camila Fraga

O degradê de tons rosé, seguindo tendência na décor e na moda, acompanha o projeto arquitetônico e os móveis soltos. Mobiliários desenvolvidos exclusivamente por Mariana Pesca Arquitetura compõem o estúdio, como é o caso da mesa de trabalho assimétrica que possui um tampo de ônix translúcido iluminado branco português e sistema que propaga o som pelo ambiente. A mesa conta ainda com dispositivos USB e HDMI acoplados para que funcione como estação de trabalho para a influenciadora digital.

Peças de design assinadas como o cabideiro For, as cadeiras Milla Office e Clad, de Jader Almeida, as cadeiras Ola, de Marcelo Ligieri, o sofá Lençóis Maranhenses, de Léo Apter para Bell’Arte, a mesa de centro Pi, de Jacqueline Terpins, a luminária de piso Stylos, de Achille & Pier Giacomo Castiglioni para Flos, e o Buffet Labirinto por Estúdio Nada se Leva, da Líder Interiores, fazem parte do ambiente. O sofá, aliás, também é um dos destaques por permitir o deslocamento dos encostos, possibilitando diversos layouts conforme a necessidade. Além disso, as arquitetas optaram por utilizar três tecidos com tonalidades diferentes. Juliano Aguiar é o artista plástico convidado. Ele desenvolveu uma obra de arte composta com papel de revista.

 

 

 

 

Lise Viaja Croácia

Acabei de chegar da Croácia, lugar lindo, com mar azul e céu de brigadeiro. Além, é claro,  de muita história pra contar com suas conservadas construções remanescentes do período do Império Romano, como o Palácio de Diocleciano em Split.


Eu amei a Croácia! Ao fundo a bandeira do país

Pelas ruas de Split, nossa primeira parada. Palácio de Diocleciano que hoje comporta barzinhos descolados, lojinhas e muito agito

É bom saber que

Depois da I Guerra Mundial, a Croácia  passou a fazer parte do Reino da Iugoslávia. Em 1991, após abandonar a república iugoslava, sofreu as consequências de uma guerra com a Sérvia que deixou muitas marcas no país. De 1991 a 1995, grande parte da população se tornou refugiada, milhares de casas foram destruídas e muitas mortes entristeceram o mundo. Várias cidades sofreram bombardeios, como Zagreb e Dubrovnik. Em Dubrovnik monumentos históricos foram praticamente destruídos, mas após a guerra, em 1995, a cidade recebeu apoio da UNESCO e da União Europeia para ser reconstruída.

Ao fundo a Old Town em Dubrovnik

Nossa viagem 

A primeira parada foi em Split, a maior cidade adriática e que abriga o palácio do imperador romano Diocleciano, o carinha que já comentei ali no início. Caminhar à noite, dentro da cidade antiga, é viajar no tempo e na história, além de que  as ruelas e barzinhos escondidos nos lugares mais inusitados são um charme! Ótima estrutura de marinas, mas sem muita tradição de beach clubes , mesmo assim descolamos um perto do hotel que ficamos, o Zen,  reduto bem animado e com gente muito bonita, além de ter o mais lindo pôr do sol para se ver .

Pôr do sol no Zen em Split

Nossa segunda parada, a melhor e mais animada cidade, foi em Hvar. O local se destaca pelos agitos que lhe dá o status de Ibiza da Croácia.  Não deixe de fazer  um passeio de barco pelas ilhas e cavernas, como a Blue Cave e a Green Cave. Alugamos um barco privado para isso.

O Hula Hula é um bar que fica no caminho do Amfora hotel, bem legal  para ir caminhando, à beira do mar e vendo as lojinhas locais. Chegando lá, tem pufes, DJ, comidas gostosinhas  e muitos drinks para passar o final de tarde, outro pôr do sol lindo! O reduto começa a bombar quando o sol vai ficando mais fraco e, como lota, é bom garantir seu lugar, faça reserva !

Final de tarde no Hula Hula em Hvar com meus companheiros de viagem Graci e Evandro Parente e meu marido Paulo
Final de tarde em Hvar

 

Em um passeio de barco pelas ilhas, saindo de Hvar, escolhemos almoçar no Zori. Este restaurante, na praia de Palmizana, Ilhas Pakleni, é sensacional. Visual incrível, atendimento excelente e comida maravilhosa. Tente conseguir uma mesa ao lado do mar e se não tiver também não tem problema, pois todo o clima conspira à favor, desde as mesas com flores naturais e o capricho no preparo dos pratos .

No Laganini beach club você chega de barco e o local é  surpreendente! Pegamos um bangalô incrível com consumação e valeu cada centavo! Fomos atendidos pelo Marcos, garçon atencioso e sempre pronto a nos servir…. Tudo muito exclusivo, até o mergulho era privado ! Foi a melhor escolha de Hvar.

Laganini beach club

Já Dubrovnik foi definida por Lord Byron como,  a “pérola do Adriático”, possui um centro antigo repleto de belezas e é enclausurada por uma muralha de 25 metros de altura, sendo assim a maior cidade fortificada do mundo. Dalí se tem as melhores vistas do Mar Adriático, como por exemplo, a praia de Ploce. A vida jovem da cidade é bastante presente graças às universidades locais e suas atrações culturais e históricas vão de fortes a monastérios, passando por museus e sinagogas.

Ruelas Dubrovnik
De cima do muro

Ficamos hospedados no hotel Excelsior, recém reformado e modernizado com uma arquitetura clean, mesmo tendo uma ala preservada num prédio bem antigo . O hotel tem uma vista incrível para a Old Town e é muito perto principais  restaurantes e points. O Takenoko restaurant e bar, por exemplo,  é um japonês bem pertinho, com comida ótima e ambiente charmoso, eu indico!  O 360 restaurante foi o melhor que fomos em Dubrovnik! Comida incrível, atendimento primoroso e visual de tirar o fôlego.

Vista Hotel Dubrovnik