Cirurgia plástica íntima: Ninfoplastia

Pode parecer frescura ou excesso de vaidade, mas quem sofre com o problema de excesso dos pequenos lábios vaginais sabe o constrangimento que isso pode causar.

 

O lado positivo: já existe uma cirurgia plástica que corrige esse problema, é a chamada ninfoplastia. Para esclarecer esta e outras dúvidas, fomos entrevistar o cirurgião plástico Paulo Roberto Mendes, sócio do Hospital da Plástica de Santa Catarina.

 

1) Qual a cirurgia íntima mais realizada ?

Paulo Mendes: A ninfoplastia (plástica dos pequenos lábios) é a mais realizada. Ninfas muito grandes podem machucar quando a mulher usa roupas justas, fazem atividades físicas ou durante as relações sexuais. O lado estético também é muito importante.
 
 
2) Quais as outras cirurgias realizadas na região vaginal e pubiana?
Mendes: Lipoaspiração da região pubiana e de grandes lábios quando são muito volumosos. Enxerto de gordura nos grandes lábios quando muito magros e atrofiados, geralmente em pacientes muito magras e de mais idade. A correção do períneo no caso de flacidez excessiva decorrente de partos normais geralmente se necessita de um ginecologista para correção interna das paredes da vagina.
 
 
3) Qual a anestesia utilizada?
Mendes: Geralmente se usa a local ou a peridural (nas costas). A nifoplastia e a lipo do  pube podem ser feitas com sedação. Normalmente, a paciente tem alta no mesmo dia.
 
 
 4) Quando se pode voltar às atividades normalmente?
Mendes: O retorno ao trabalho geralmete se dá em torno de uma semana. Relações sexuais, no caso de uma ninfoplastia,  após um mês. No caso de lipoaspiração ou lipoenxertia em torno de 15 dias.
 
 

 

 

 

 

Dr Paulo Roberto Mendes – Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Sobre Lise Crippa

Sou formada em Jornalismo, pós-graduada em Marketing e Moda. Atuo em assessoria de comunicação e jornalismo de Moda. O universo Fashion faz parte da minha vida e do meu trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.