Na minha coluna da Revista Versar: Vá de linho: as cores deste tecido para o verão aparecem suaves, mas profundas e abrangentes

O linho é um material confortável para o verão por causa de sua alta absorção de umidade e rigidez relativa. Para o próximo verão, o linho estará presente nas produções mais quentes. Estrategicamente, você entrará no clima e ficará livre do suor, afinal, o material é usado para esse propósito desde os tempos antigos e há relatos em muitas civilizações. Colhido da planta do linho, que cresce em climas mais frios que o algodão, é resistente a insetos e seca. Há até uma razão pela qual a roupa de cama em linho é usada há milênios: cientificamente comprovado, é um tecido mais frio que o algodão ou a seda. A seda retém o calor, enquanto o algodão tende a baixar a temperatura quando perto do corpo. Já o linho é um material confortável para o verão por causa de sua alta absorção de umidade e rigidez relativa. Fotos: Dari Luz/Divulgação

 

linho

Chapéu Vero, macacão Eduardo Azevedo Atelier, bolsa Antonia Handbags, anel Gabriela Faraco e
lenço acervo

Um jardim cor de vinho

linho

Lenço Dolce & Gabanna, vestido Damyller, pulseira Elles por Elise, anel Gabriela Faraco, clutch Montefina e chinelos Hermès

O casarão branco localizado na esquina da Luís Delfino com Alves de Brito, em Florianópolis, sempre me chamou a atenção, seja pela arquitetura – o imóvel tombado completou 100 anos em 2017 -, ou pelo seu jardim projetado pelo escritório JA8 Arquitetura e Paisagem, de Juliana Castro e Clarice Wolowski. Segundo Clarice, a escolha das espécies plantadas tem o objetivo de levar contemporaneidade ao jardim. Os penisetes de cor rubro, um tipo de herbácea cor de vinho, possui uma penugem que é sua flor. Para compor o jardim foram usadas ainda gardênias que têm tonalidade verde escura para contrastar com o restante. Já a casa, batizada de Casacanto, idealizada pelos arquitetos Carlos Lopes e Abreu Junior, dá vida a um dos projetos de arquitetura colaborativa mais importantes do Brasil, reunindo muito mais do que arquitetura: trata-se de um espaço que abraça a cultura e a inovação e abre portas para profissionais da arquitetura, design e arte.

 

Feitos à mão

linho

Chapéu Praia Sim Senhor, vestido Degê Store, cinto Fendi, clutch Damyller, anel Gabriela Faraco e mule Ethne

A mule do editorial é da Ethne, desenvolvida pela equipe da marca com a Rafia da Raphia Palm, uma palmeira típica do Marrocos. São trabalhadas por exímios artesãos na arte de tecer a palha em calçados, uma tradição passada de pai para filho.
Já os cordões da Elles por Elise se transformam em colares, cintos e pulseiras. As peças carregam pingentes delicados com pedras, porcelanas, contas de madeira, pérolas, cristais Murano e sementes brasileiras. Em algumas peças foram misturadas até cinco técnicas de bordados e costuras.

Pantone

linho

Chapéu Vero, pulseiras e brincos Mila Coelho, saia e camisa Colcci e bolsa Antonia Handbags

Quando se trata das cores da moda aprendemos a aceitar um padrão regular para a primavera e verão, com tons claros e pasteis Mas as cores previstas para 2019 incluem escolhas mais surpreendentes, pensadas e garimpadas na natureza. Imagine um blue oceânico suave, tons roxos da lavanda, terra com infusão de luz e canalizando o toque mais suave do rosa milenar. As mudanças deste padrão podem ser por uma razão simples. Em uma época de convulsão sociopolítica, a ostentação e a grandiosidade são reduzidas em favor da conexão social com a arte, natureza, música e cultura pop. O amor e a aceitação são mais do que uma ferramenta de marketing, são uma força motriz da criação.

Eco Friendly com muito glamour

100% Capri

Foto: 100% Capri

Se há uma coisa que o estilista Antonio Aiello, da marca italiana 100% Capri, entende é de linho. O proprietário, fundador e designer da grife, com lojas espalhadas pelo mundo, construiu sua marca em torno de criar um estilo de vida centrado em torno do tecido. As boutiques oferecem roupas de luxo e artigos para casa que evocam a essência de la dolce vita de Capri e alguns locais na Europa, onde os dias ensolaradas são gastos com muito linho branco e peças claras. A marca segue a linha eco friendly, habilmente feita à mão, cuidadosamente artesanal, e leva moda para homens, mulheres e crianças com camisas, vestidos leves e kaftans com uma pegada beachwear elegante.

O rústico da moda

Chanel

Foto: Chanel

Bolsas e acessórios em rattan e materiais rústicos têm sido bastante populares nas últimas temporadas e ainda estão sendo vistos nas passarelas. Então certifique-se de atualizar sua coleção. Com uma estética que lembra as clássicas cestas, sempre em alta do Sul da França, o vime, a palha e afins manterão você na moda por mais um ano e foram exibidas nas coleções dos estilistas da Altuzarra, Christian Wijnants, Isabel Marant, Jacquemus, Sonia Rykiel e Loewe. E entrando no clima, a Chanel colocou na passarela recentemente chapéus de palha entre seus mais luxuosos acessórios. Lagerfeld construiu uma praia em pleno Grand Palais, em Paris. Mostrou muitos acessórios para usar desde o clube de praia até o calçadão.

Participaram deste editorial:

Produção executiva e styling, pesquisa de moda: Lise Crippa
Produção: Maria Luiza Ramos
Produção de cena: Larissa Maldaner
Beleza: Larissa Maldaner
Fotos e tratamento de fotos: Dari Luz
Modelo: Alana Martinelli – Ford Models
Locação: Casacanto
Marcas e lojas participantes: Antonia Handbags, Colcci, Damyller, Dolce & Gabanna, Degê Store, Ethne, Elles por Elise, Eduardo Azevedo Atelier, Fendi, Gabriela Faraco, Hermes, Acessórios Mila Coelho, Montefina, Praia Sim Senhor, Vero Chapéu.

Sobre Lise Crippa

Sou formada em Jornalismo, pós-graduada em Marketing e Moda. Atuo em assessoria de comunicação e jornalismo de Moda. O universo Fashion faz parte da minha vida e do meu trabalho.